Reciclagem / Separação


Em média, cada português produz 1,4kg de resíduos domésticos por dia.
A reciclagem poupa recursos, combate as alterações climáticas, reduz a poluição, limita
a ocupação de solos para deposição de lixos, cria emprego e contribui para um modelo
de desenvolvimento sustentável e para um ambiente melhor.
Por cada tonelada de vidro reciclada, poupamos 1200kg de matérias-primas e 130kg
de combustível. Por cada tonelada de papel reciclado, evitamos cortar 14 árvores, gastar 50000 litros de água e 2 barris de petróleo. Assim sendo, recicle e faça uma separação correcta:

Plástico/Metal

Depositar - Latas, aerossóis, conservas, tabuleiros de alumínio, garrafas, frascos, caixas e sacos de plástico, esferovite limpa.
Não depositar - Embalagens de plástico com gorduras ou produtos tóxicos, talheres, panelas, ferramentas, electrodomésticos, pilhas e baterias.

Papel/Cartão
Depositar - Caixas de cartão, embalagens de cartão para líquidos alimentares (pacotes de leite, de sumo) sacos e papel de embalagem.
Não Depositar - Embalagens de papel com gordura, guardanapos, fraldas, papéis metalizados ou plastificados, embalagens de produtos tóxicos.

Vidro
Depositar - garrafas, frascos e boiões.
Não Depositar - tampas, rolhas, loiças, espelhos, vidros de janela, lâmpadas, cosméticos, vidros de medicamentos.

Não se esqueça que antes de fazer a separação deve:
.
Esvaziar e lavar bem as embalagens usadas.
. Espalmar as embalagens para ocuparem menos espaço.
. Retirar tampas, rolhas, etiquetas, agrafos e fita-cola.